Roteiro geo-turístico para o aniversário de Belém. Dia 12 de janeiro PDF Imprimir E-mail

 

 

No próximo dia 12 de janeiro Belém completa 397 anos de fundação. Apesar de ser uma das capitais mais antigas do Brasil, pouco se conhece sobre seu centro histórico. Por este motivo, o Grupo de Pesquisa de Geografia do Turismo da Universidade Federal do Pará (GGeotur/UFPA) realiza o Roteiro Geo-Turístico “A pé pelas ruas do bairro da Cidade Velha em Belém do Pará”, no dia do aniversário da cidade, 12, a partir das 8h. O encontro terá início no Forte do Presépio, no bairro da Cidade Velha. As inscrições estão abertas e são gratuitas.

“Geralmente, lembra-se da cidade na data do seu aniversário, quando o complexo histórico ganha notoriedade momentânea, sendo um dos principais espaços utilizados para a comemoração coletiva dos belenenses e o cenário escolhido para a cobertura da mídia. Todavia, no restante do ano, Belém pouco é lembrada, no sentido de se resgatar e conservar a memória do seu centro histórico”, lamenta a professora Maria Goretti Tavares, coordenadora do projeto que já realizou, desde janeiro de 2011, cerca de 30 roteiros. Segundo a professora, eles ocorrem geralmente aos sábados ou domingos, quinzenalmente.

No dia 12, os participantes do roteiro irão visitar locais como o Forte do Castelo, Feira do Açaí, Praça Frei Caetano Brandão, Igreja da Sé, Rua Siqueira Mendes (antiga Rua do Norte, primeira rua da capital paraense), Casa Rosada, Fábrica Soberana, Praça e Igreja do Carmo, Rua Joaquim Távora, Largo e Igreja de São João. Em seguida o grupo passa pela Rua Tomázia Perdigão, Palácio Lauro Sodré (Museu Histórico do Estado do Pará), Palácio Antônio Lemos (onde funcionam a Prefeitura e o Museu de Arte de Belém), Praça Dom Pedro II, Instituto Histórico e Geográfico do Pará, Praça do Relógio e para o Museu do Círio. É recomendável que as pessoas usem tênis, boné e roupas leves, pois o roteiro é realizado a pé.

Resultatado de estudos e pesquisas - Segundo Maria Goretti, os roteiros são resultado dos estudos e debates realizados no grupo de pesquisa “Turismo e Desenvolvimento socioespacial na Amazônia”, vinculado à Faculdade de Geografia e Cartografia e ao Programa de Pós Graduação em Geografia da UFPA. “O principal objetivo é a efetiva participação da sociedade local, por meio do resgate da memória socioespacial dos moradores, promovendo a valorização desses conhecimentos e despertando nessas pessoas a necessidade de preservar o patrimônio histórico e cultural do bairro”, afirma. “A proposta valoriza não apenas o patrimônio material, mas o imaterial também. Assim, têm pontos em que falamos do açaí, do Círio de Nazaré, da gastronomia, etc.”

Além do olhar geográfico e turístico, os roteiros possibilitam a integração entre outras áreas que também contam a história de Belém, como a arquitetura, a museologia e a própria história. Os roteiros são ofertados à sociedade quinzenalmente de forma intercalada. Além do roteiro da Cidade Velha, há o roteiro do Ver-o-Peso ao Porto, o Roteiro da Belle Époque e o roteiro pelo interior do bairro da Campina (Comércio). O grupo prepara um livro para ser lançado em abril de 2013 e ainda articula um novo roteiro, centrado no bairro do Reduto.

Inscrições – Interessados em participar do roteiro do dia 12 de janeiro precisam preencher a ficha de inscrição e enviar para o e-mail Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. . Não há limites de vagas e as inscrições são gratuitas.

Serviço:

A ficha de inscrição deve ser enviada para o e-mail Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
Para baixar a ficha de inscrição para o Roteiro Geo-Turístico, acesse: http://migre.me/cErr4
Mais informações:
Blog: geoturisticosroteiros.blogspot.com
Facebook: roteirosgeoturisticos

Texto: Thaís Siqueira - Assessoria de Comunicação da UFPA
Foto: Karol Khaled

 
Contador de visitas